Prática desportiva e de lazer disponibilizada por instituições não públicas na cidade de Viseu

Hugo Correira, Tatiana Silva, Marcia Pinto, Daniela Teixeira, Hugo Sarmento

Resumo


Segundo a Carta Europeia do Desporto, as atividades desportivas proporcionam o melhoramento da condição física, psíquica e aumento das relações sociais. Para além disto, o mesmo documento salienta a importância deste tipo de atividades destacando a imprescindibilidade da promoção das mesmas, por parte dos governos, a fim de incrementar o desenvolvimento humano.

Neste sentido, o principal objetivo deste estudo foi caracterizar a prática de atividade desportiva e de lazer oferecida pelas instituições não públicas na cidade de Viseu.

A amostra foi constituída por 21 instituições que oferecem um total de 12 modalidades desportivas e/ou de lazer.

Através da análise efetuada constatou-se que as atividades de academia são aquelas que atualmente são mais praticadas como atividades desportivas e/ou de lazer neste concelho.A percentagem de prática na cidade de Viseu é bastante inferior não só quando comparada com o panorama nacional, mas também com o da região Centro. Ao contrário dos dados relativos a Portugal e à região Centro (que apresentam índices de prática desportiva substancialmente superiores para o género masculino), no concelho de Viseu não se verifica uma grande discrepância quando comparados os níveis de prática entre géneros.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2014 Boletim Sociedade Portuguesa de Educação Física

BOLETIM SPEF é uma publicação da Sociedade Portuguesa de Educação Física | eISSN: 2184-1594