Concepções e agenda social dos alunos face à Educação Física: Influência do género e ciclo de escolaridade

Joana Castro, João Costa, Marcos Onofre

Resumo


Este trabalho teve como principal pretensão a análise da Agenda Social dos Alunos (ASA) para as aulas de Educação Física (EF) em alunos do 3.º ciclo e secundário. Consideramos que um maior esclarecimento da mesma irá contribuir para uma mais eficiente articulação entre as propostas e intenções de, professor e alunos, para as aulas de EF.

Com esse efeito, foi também bastante importante averiguar, como é que os alunos concebem as aulas e a disciplina de Educação Física, quais são para si, os seus principais objectivos/finalidades e de que forma estes (concepções e objectivos) influenciam e se expressam na sua Agenda Social.

Para a recolha de dados recorremos ao método de inquirição dedutivo aplicando um questionário adaptado do estudo de Duarte (2004), sendo os dados submetidos à análise estatística descritiva e correlativa. Pudemos observar que, de entre os 468 alunos inquiridos, a maioria dos alunos privilegia uma Educação Física que lhes permita apreender os aspectos relativos à cultura física (concepção Académica) em detrimento de uma disciplina focada no treino das capacidades físicas (Biologista) ou na promoção de momentos de recreação e lazer (Recreacionista).

Para a generalidade dos alunos a prática de desporto constitui o principal objectivo das aulas e da disciplina de EF, em contraste à passagem de ano que é pouco e a menos considerada.

No que concerne à influência que as Concepções e Objectivos da EF exercem na Agenda Social dos alunos constatámos que não se encontraram associações com intensidades significativas, embora tenham surgido alguns apontamentos curiosos.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2010 Boletim Sociedade Portuguesa de Educação Física

BOLETIM SPEF é uma publicação da Sociedade Portuguesa de Educação Física | eISSN: 2184-1594