Avaliação da atividade física: Métodos e implicações práticas

Adilson Marques, Joana André

Resumo


A atividade física é um movimento complexo que engloba todos os aspetos do movimento corporal, e que ganha significado conforme o contexto em que se manifesta. A sua categorização poderá acontecer de várias maneiras, como por exemplo o tipo de contração muscular, o gasto energético e o seu propósito. É um elemento importante de um estilo de vida ativo e saudável, onde são claros os benefícios da atividade física para a saúde.

A avaliação da atividade física, como manifestação do comportamento humano, é um processo importante e utilizado para descrever, classificar e estudar os hábitos das populações. Existe uma grande diversidade de métodos para avaliar este comportamento, sendo classificados em diretos e indiretos. Determinam o gasto energético, tipo, padrões humanos de movimentos e as respostas fisiológicas do movimento humano.

Sejam métodos diretos (água duplamente marcada, sensores de movimento, monitorização da frequência cardíaca, observação direta) ou indiretos (autorrelatos, questionários), todos têm vantagens e limitações na sua aplicação prática, dependendo do tipo de atividade e do grupo que se deseja investigar. Torna-se por isso importante clarificar os instrumentos de medida, melhorando a sua utilização consoante as condições de realização.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2014 Boletim Sociedade Portuguesa de Educação Física

BOLETIM SPEF é uma publicação da Sociedade Portuguesa de Educação Física | eISSN: 2184-1594