Percepção de saúde, competência e imagem corporal dos alunos que frequentam os estabelecimentos militares de ensino em Portugal

Adilson Marques, José Diniz, Francisco Carreiro da Costa, José Contramestre, Maurice Pièron

Resumo


A percepção de um bom estado de saúde, competência e imagem corporal parece estar relacionada com um estilo de vida activo. O objectivo deste estudo é caracterizar as percepções de saúde, competência e imagem corporal dos alunos que frequentam os estabelecimentos militares de ensino em Portugal e verificar de que forma essas percepções se relacionam com o estilo de vida. Participaram 1095 sujeitos dos ensinos básicos, secundário e universitário. Os dados foram recolhidos através de um questionário sobre os estilos de vida. Para análise dos dados procedeu -se à classificação automática. A maior parte dos alunos (73.4%) afirma ter um bom estado de saúde. Relativamente à percepção de competência, 60.1% respondeu que se sente competente acima da média, 29.2% na média e 8.7% abaixo da média. Para a percepção de imagem corporal, a maior parte está satisfeita com a sua aparência. Os estudantes que percepcionam ter um bom estado de saúde, que se sentem competentes e estão satisfeitos com a aparência, são mais activos. Estes estudantes são caracterizados pela idade e o sexo, gostam da escola e da disciplina de Educação Física. Os estudantes com fracas percepções são menos activos, não gostam da escola e da Educação Física.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2009 Boletim Sociedade Portuguesa de Educação Física

BOLETIM SPEF é uma publicação da Sociedade Portuguesa de Educação Física | eISSN: 2184-1594