Efeitos do contexto de prática sobre a orientação motivacional e as atitudes face à prática desportiva de jogadores de futebol dos 14 -16 anos

Marcio Domingues, Carlos E. Gonçalves

Resumo


Os jovens diferem nas suas concepções de habilidade e critérios de sucesso e no sentido que conferem a estes conceitos. O propósito do estudo foi caracterizar os ambientes de clubes com diferentes objectivos de resultados na óptica dos seus treinadores e analisar os efeitos do clima sobre as variáveis desportivismo e orientação para a realização de objectivos.

Pretendemos examinar a variação de resultados associados ao ambiente de treino relativamente às variáveis latentes resultantes do TEOSQ e SAQ. A amostra é constituída por: (a) 6 treinadores de 2 clubes de Futebol, um deles de elite e o outro de carácter local; (b) jogadores de futebol (n=132), com idades compreendidas entre os 13 e os 16 anos de idade de dois clubes sujeitos a análise.

Foram realizadas entrevistas aos treinadores e os atletas preencheram as versões portuguesas do Sport Attitudes Questionnaire/SAQ e do Task and Ego Orientation in Sport Questionnaire/TEOSQ. Foi analisada também a mobilidade dos jogadores e o seu registo disciplinar em competição.

Os resultados apontam para a diferença de objectivos na óptica dos treinadores e para a existência de efeitos do ambiente sobre as variáveis dependentes.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2012 Boletim Sociedade Portuguesa de Educação Física

BOLETIM SPEF é uma publicação da Sociedade Portuguesa de Educação Física | eISSN: 2184-1594