Núcleo de Aptidão Física. Um projeto em desenvolvimento

Isabel Bayo, Ana Brogueira, Paulo Pintassilgo, José Diniz

Resumo


No ano letivo 2010/2011, nasceu o projeto: “Núcleo de Aptidão Física” (NAF), proveniente do Grupo Curricular de Educação Física (EF) de uma Escola Secundária do Distrito de Lisboa.

Ao iniciarmos a atividade do NAF, em Fevereiro de 2011, entendemos que seria oportuno realizar, numa primeira fase, o levantamento e análise da composição corporal (CC) dos alunos da escola, avaliando o índice de massa corporal (IMC), como base para um trabalho futuro de intervenção direta com os alunos ao nível da atividade física e controlo do peso.

Nesta fase do Projeto, a nossa amostra integrou os alunos da escola que estavam inscritos em EF, no ano letivo 2010/2011 (n=611). Sendo que 44% dos alunos eram do género masculino (n=270): com 14 anos (n=7), 15 anos (n=56), 16 anos (n=71), 17 anos (n=85) e maiores de 17 anos (n=51). E 56% eram do género feminino (n=341): com 14 anos (n=4), 15 anos (n=66), 16 anos (n=102) e 17 anos (n=97) e maiores de 17 anos (n=72). Verificámos que 17% das raparigas tinham valores de IMC reveladores de “sobrepeso/obesidade” com a seguinte distribuição em termos de idade: 15 anos = 15,2%; 16 anos = 17,6%; 17 anos = 20,6%; > 17 anos = 13,9%. Nos rapazes encontrámos 9,3% com excesso de peso e obesidade com a seguinte distribuição etária: 15 anos = 23,2%; 17 anos = 9,4%; > 17 anos = 7,8%.

Esta realidade merece adequada ponderação e exige que os pais e os educadores incutam nos seus educandos/alunos a necessidade de adquirirem padrões nutricionais apropriados incrementando, também, a atividade física, dentro e fora do recinto, como fatores de promoção da saúde.

O NAF pretende neste contexto constituir-se como mais uma oportunidade para os alunos poderem participar num programa de atividade física, visando igualmente a criação de hábitos de prática regular em que se privilegia o desenvolvimento e/ou manutenção da aptidão física individual, através de ações devidamente programadas centradas no ensino e reforço dos conhecimentos e competências de que necessitam para serem ativos ao longo da vida.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2013 Boletim Sociedade Portuguesa de Educação Física

BOLETIM SPEF é uma publicação da Sociedade Portuguesa de Educação Física | eISSN: 2184-1594